AVISO DO SEESE
Em assembleia conjunta, servidores municipais da saúde de Aracaju decidem encerrar a greve

Em assembleia conjunta, servidores municipais da saúde de Aracaju decidem encerrar a greve

Em assembleia conjunta realizada na tarde de hoje, os enfermeiros de Aracaju com as demais categorias que atuam na área da saúde municipal, decidiram suspender a greve que durou 10 dias, retomando as atividades a partir de amanhã, dia 19. O motivo da suspensão foi a aprovação na Câmara dos Vereadores, do Projeto de Lei (PL) que contempla o reajuste salarial de 4,42% imposto pela prefeitura no mês de julho. Os vereadores aprovaram o PL ontem, dia 17, um dia depois do ato público realizado pelo movimento grevista em frente à Casa Legislativa. Porém a diretoria do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (Seese), com os demais diretores da bancada sindical, informaram que os servidores devem permanecer em estado de mobilização.

De acordo com a bancada sindical, se a gestão liberar o contracheque a partir do dia 30 deste mês, com as informações como o salário de agosto com o acréscimo do reajuste salarial e o valor retroativo desde o mês de julho, o 1/3 das férias dos trabalhadores que entrarão em férias, como também, a parcela do 13º salário, e no dia 31 o pagamento não tiver na conta dos servidores, provavelmente haverá uma nova greve.

Encerramos hoje este movimento grevista. O reajuste salarial se tornou lei e a prefeitura terá que cumprir esta lei a partir do próximo pagamento, disse Shirley Morales, presidente do Seese, acrescentando que “Essa gestão precisa não apenas cumprir com as leis, mas também respeitar seus servidores e pagar os salários em dia e não com atraso como vem fazendo desde o início do ano”.

Na ocasião, as categorias deliberaram para o dia 01 de setembro, a próxima Assembleia de Convocação que será realizada às 14h00, no Sindicato dos Bancários. Caso a gestão não cumpra a lei e os demais pontos de pauta listados acima, o movimento sindical composto por nove categorias, decidirá se haverá greve a partir do dia 05 de setembro.