AVISO DO SEESE
VI Confesa debate saúde pública de qualidade em Sergipe

VI Confesa debate saúde pública de qualidade em Sergipe

A sexta edição do Conselho Estadual de Saúde foi realizado neste mês de setembro com o propósito de discutir e buscar qualificação para o Serviço de Atendimento Único (SUS), no Estado de Sergipe. Reunidos no Clube do Banese, em Aracaju, profissionais de todos os seguimentos trabalhistas ligados à saúde pública participaram de debates e mesas de diálogos, entre eles, especialistas que atuam também no interior sergipano. Presente no evento, a direção do Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe (Seese) destacou a necessidade emergencial de o Estado proporcionar progressos ao SUS a fim de cuidar melhor das pessoas.

Conforme enaltecido pela diretora Gabriela Pereira, o intercâmbio de conhecimento entre profissionais e a comunidade permite que propostas de avanços reais possam ser apresentadas, e assim colabore com o desenvolvimento nos serviços. O Confesa tem esse perfil de contribuição administrativa na qual a participação coletiva tem agradado aos participantes. “O evento é importante, pois permite um debate entre gestores, trabalhadores e usuários sobre propostas de melhorias para a saúde, que influenciarão nos planos de saúde para os próximos quatro anos”, disse.

Durante o evento que ocorreu nos dias 23 e 24, Marcelo Dangllys e Diego Rafael foram eleitos delegados para representar a classe trabalhadora de Sergipe na 15ª Conferência Nacional de Saúde (CNS), que será realizada no período de 1 a 4 de dezembro de 2015, em Brasília-DF. Delegada nata, a conselheira nacional e presidente do SEESE Shirley Morales também estará junto ao time de trabalhadores e militantes do SUS de Sergipe na capital brasileira. A Conferência Nacional terá como tema: “Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas”, e como eixo: “DIREITO DO POVO BRASILEIRO”.

Compartilhando com o depoimento exposto por Gabriela Pereira, o também diretor sindical Marcelo Dangllys destacou a necessidade de o Seese comparecer aos eventos estaduais e nacionais para lutar por avanços no SUS e lutar pelos direitos dos enfermeiros. “A presença do Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe é fundamental nesses espaços de construção coletiva, estamos participando desde o período de pré-conferências regionais, etapas municipais e por último agora da etapa estadual levantando sempre a bandeira do SUS e na defesa da valorização dos trabalhadores da saúde”, afirmou.

Homenagem – No dia 23 houve homenagens à militantes do SUS. Entre elas estava a professora Ana Dorcas de Melo Inagaki, que também responde pela coordenação dos cursos de especialização e residência em enfermagem obstétrica na Universidade Federal de Sergipe (UFS).

 

 

IMG_6241  IMG_6242IMG_6240