AVISO DO SEESE
Seese apurará a situação do transporte de servidores do SAMU

Seese apurará a situação do transporte de servidores do SAMU

1304-mpe (2)

Seese durante a audiência no Ministério Público do Estado

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (Seese) têm o prazo de 10 dias a partir desta segunda-feira (13) para informar ao Ministério Público do Estado (MPE) sobre a regularização ou não da situação dos direitos de transporte dos servidores do SAMU, que ingressaram ao quadro antes de 2006. A decisão foi tomada durante a audiência extrajudicial no MPE com o promotor de Justiça, Antônio Forte de Souza Júnior e representantes do Seese, Coren/SE, SAMU, Secretaria de Estado de Saúde (SES) e Fundação Hospitalar de Saúde (FHS).

Foi assinado ainda, no termo da audiência, que tanto a Secretaria de Estado da Saúde (SES) como a FHS deverão apresentar, num prazo de 10 dias, um ofício explicando a diferença entre os vários empregados e servidores que compõe o SAMU, bem como os direitos que cada um tem quanto ao transporte, fundamentando com a legislação pertinente.

“Nós fizemos um relatório, em novembro do ano passado, e constatamos que havia uma suspensão no transporte dos servidores do SAMU que tinham direito. Nesta audiência, a Fundação Hospitalar de Saúde trouxe como resposta que já foi regularizada esta situação”, disse Gabriela Lima, da diretoria do Seese, informando que a FHS garantiu que há três transportes de segunda a sexta-feira e um veículo no final de semana para atender aos servidores.