AVISO DO SEESE
Prefeitura de Aracaju terá que pagar até amanhã o salário dos servidores

Prefeitura de Aracaju terá que pagar até amanhã o salário dos servidores

Preocupados em não poder comemorar as festas de fim de ano com suas famílias devido ao não recebimento do salário referente a novembro e o 13º, como também, do Tribunal de Contas do Estado (TCE) desbloquear as contas da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) para o pagamento das empresas terceirizadas, os Enfermeiros e demais servidores da área da saúde do município, realizaram mais um ato público em frente ao TCE.

Porém, a PMA terá até amanhã, dia 23, para pagar o salário desses servidores referente ao mês de novembro. Essa decisão foi tomada e anunciada pelo presidente do TCE, Clóvis Barbosa, durante a reunião realizada no dia de hoje, 22, após os servidores relatarem suas dificuldades e necessidades.

O diretor de controle técnico do TCE, Adir Machado, atual representante do Tribunal de Contas na “Operação Antidesmonte”, após ser questionado pela presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (SEESE), Shirley Morales, quanto ao fluxo de caixa das verbas específicas da conta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) que devem ser investidas no pagamento dos salários de seus servidores, se comprometeu em entregar um ofício na próxima segunda-feira, dia 26, com esses dados.

“Já está disponível no portal da transparência, que o Ministério da Saúde já transferiu para a conta vinculada da Secretaria de Saúde, o repasse das verbas referente aos meses de novembro e dezembro. Para onde foi esse dinheiro?”, disse Shirley Morales.

Com esta informação, será possível saber se esses recursos foram aplicados em outra despesa que não seja com a saúde – o que é proibido perante as Leis Orgânicas da Saúde e a própria Lei Complementar 141 de 2013-, ou se esse dinheiro estaria em caixa privando os servidores de alimentação. Desta forma, a direção do Seese requereu que o TCE investigue esse fluxo de caixa da conta da Secretaria da Saúde.

“Nós iremos encaminhar para o Tribunal de Contas um pedido do bloqueio das contas vinculadas da Saúde onde existe a rubrica específica para o pagamento da folha dos servidores dessa área”, complementou a presidente do Seese.