AVISO DO SEESE
Nota de Repudio

Nota de Repudio

O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe – SEESE, como representante legal em primeira instância dos Enfermeiros do Estado, vem a público formalizar veemente repúdio à ação desrespeitosa e autoritária de uma médica que ofendeu moralmente uma profissional da Enfermagem. Como a direção do Sindicato mantém uma política de total sigilo da identificação dos seus filiados, iremos preservar a identidade e não divulgaremos o nome da Enfermeira nem a da Médica.

A Enfermeira que é empregada pública do quadro de pessoal da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) lotada no Hospital Regional de Propriá, foi desrespeitada (ofendida) em suas prerrogativas profissionais (honra) e agredida fisicamente por uma médica durante o plantão noturno do dia 24/12. Numa tentativa clara de intimidar e silenciar a vítima durante a solicitação da abertura de um inquérito administrativo, a Gestão Diretiva do Hospital informou que a Enfermeira deveria ter cuidado com a denúncia, pois correria o risco de perder o seu registro do Conselho Regional de Enfermagem (COREN). Isso é uma coação!!

Essa forma de ação visa, tão somente, satisfazer vaidades pessoais, interesses individuais e desnecessária ao âmbito profissional. Por estas e outras razões, o Seese reafirma seu compromisso com a enfermagem e repudia vigorosamente posturas que atentem contra o livre exercício da profissão, mantendo-se firme no sentido de coibi-las e adotar todas as medidas que estiverem ao seu alcance para sanar esses abusos.

Após a agressão, a Enfermeira junto a direção do Sindicato fez o registro de um Boletim de Ocorrência. Além disso, foi encaminhado um ofício a FHS para reunião a fim de debater o assunto como medida preventiva para que isso não ocorra em mais nenhum Hospital do Estado.

Atenciosamente,

Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe