AVISO DO SEESE
Fórum Sergipano em Defesa do SUS e Contra a Privatização da Saúde.

Fórum Sergipano em Defesa do SUS e Contra a Privatização da Saúde.

O Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe (Seese) e outras 18 entidades representativas dos trabalhadores da saúde realizaram nesta quarta-feira, dia 18, na Assembleia Legislativa (Alese), o lançamento do Fórum Sergipano em Defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e Contra a Privatização da Saúde. O procurador regional da República Federal (MPF), Ramiro Rockenbach, O defensor público que integra o Núcleo de Saúde da Defensoria Pública de Sergipe, Gustavo Dantas e dois, dos 24 deputados estaduais, entre eles a Ana Lúcia Menezes (PT) e Moritos Matos (Pros), participaram do evento.

O objetivo do Fórum foi o de discutir a política de recessão que o Governo Federal está implementando e que atingem diretamente os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e os servidores. Também foi discutido o descaso do governo estadual para com a área da saúde que carece de investimentos. Na ocasião, a presidente do Seese, Shirley Morales, fez um resgate cronológico dos problemas do SUS a nível nacional e estadual, enfatizando que “enquanto estamos clamando por concursos públicos e fortalecimento das relações de trabalho, o secretário estadual da saúde, Almeida Lima, fala de processo seletivo, sabendo ele que isso precariza ainda mais a relação trabalhista na saúde pública”.

Na oportunidade, Shirley pleiteou à Defensoria Pública Estadual, representada pelo defensor Gustavo Dantas, que os trabalhadores da saúde e controle social tenham voz e possam ter direito a uma cadeira na comissão mediadora dos casos de litígio da saúde para discutir e analisá-los antes das judicializações.

Gustavo Dantas relatou que a população está convivendo com um discurso voltado para a “Demonização do Estado Brasileiro” para justificar a privatização do SUS. Para ele, o problema não seria de gestão, mas de subfinanciamento e da falta de estrutura dos hospitais públicos. “O SUS é o reconhecimento de que a Saúde pertence a todos independente de o usuário contribuir ou não para o sistema. Não podemos nunca retroceder a um sistema em que quem tem saúde é apenas quem tem dinheiro”.

Ficou agendada para o dia 16 de novembro, na sala das comissões da Alese, uma reunião que irá traçar as próximas estratégias do Fórum em Defesa do SUS e contra a Privatização. Já no dia 21 do referido mês, às 14h00, também na Alese, acontecerá o projeto apresentado pelo Seese “Conselho Presente em Sergipe” onde será debatido os encaminhamentos da reunião do dia 16, além da abrangência do tema “O Desmonte do SUS e a Conjuntura política do Brasil”.