AVISO DO SEESE
Escola Olga Barreto debate Outubro Rosa com os enfermeiros

Escola Olga Barreto debate Outubro Rosa com os enfermeiros

Na noite de ontem a comunidade do Conjunto Eduardo Gomes, em São Cristóvão, recebeu a direção do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (SEESE) a fim de ampliar o diálogo sobre o Outubro Rosa. Reunidos na tradicional escola Olga Barreto, professores, estudantes e familiares assistiram uma palestra ministrado pela enfermeira Shirley Morales que destacou a necessidade de ampliar os exames rotineiros mesmo após o final deste mês especial. Conforme dados apresentados pelo Ministério da Saúde, no ano passado foram diagnosticados no Brasil 57.120 casos novos de câncer de mama, com um índice estimado em 56,09 casos para cada 100 mil mulheres.

Apesar das estatísticas apresentarem amplo aspecto negativo, o Sindicato dos Enfermeiros durante o diálogo na escola enalteceu que acredita na mudança positiva deste cenário e destacou: Caso o câncer seja detectado numa fase precoce, a taxa de sobrevida em cinco anos é de quase 100%. São justamente nesses dados progressistas que a categoria em Sergipe se apega e luta contra o câncer de mama. “Tivemos uma adesão muito grande por parte da população que se mostra cada vez mais interessada em buscar uma saúde de qualidade. Além de apresentarmos um vídeo do instituto nacional de combate ao câncer, também verificamos a pressão dos participante e tiramos algumas dúvidas ainda existentes”, disse Shirley.

De acordo com a coordenadora pedagógica Elinalva Santana de Menezes, a parceria realizada com os enfermeiros sergipanos tem contribuído para diminuir o índice da doença no Eduardo Gomes. Satisfeita com a presença do sindicato, a professora aproveitou para agendar uma data já para o próximo ano. “O encontro foi um sucesso e gostaria de agradecer ao Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe que mais uma vez se prontificou em nos atender. A população pede o apoio do SEESE e já aproveitei para pedir a presidente Shirley que continue nos ajudando nessa batalha contra o câncer de mama”, afirmou.

Este foi o segundo ano consecutivo os enfermeiros abraçaram o Outubro Rosa na escola com o propósito de tenta contribuir para que o índice da doença seja controlado. Ainda segundo Elinalva Santana, é preciso que outras organizações sindicais passem a adotar atuações semelhantes aos enfermeiros. “O sindicato dos enfermeiros e dos professores estão sempre interessados em trabalhar com a gente. Nossa meta é melhorar a vida de todos através da educação e da saúde, por isso mais uma vez agradecemos o apoio de todos e esperamos o SEESE no próximo ano”, pontuou.

Agenda – O Outubro Rosa encerra oficialmente neste sábado, 31, mas no próximo domingo o Sindicato dos Enfermeiros volta a promover atividades na primeira Igreja Batista de Aracaju. A palestra sobre o combate ao Câncer de Mama será ministrada pela presidente Shirley Morales.