AVISO DO SEESE
Enfermeiros servidores de N. Sra. Do Socorro decidem fazer paralisação caso não recebam o reajuste salarial concedido no ano passado

Enfermeiros servidores de N. Sra. Do Socorro decidem fazer paralisação caso não recebam o reajuste salarial concedido no ano passado

Enfermeiros do município de Nossa Senhora do Socorro deliberaram em assembleia realizada ontem, dia 20, na sede do Seese, que irão fazer uma paralisação de advertência por 24 horas caso a atual gestão não pague no fim deste mês, o valor do reajuste salarial concedido por lei, retroativo ao mês de março.

Na ocasião, a diretoria do Sindicato dos Enfermeiros (Seese), fez os informes sobre a importância do Conselho Municipal de Saúde, como também repassou a resposta da Prefeitura sobre o não pagamento do reajuste concedido pela gestão anterior que deveria ter sido inserido no contracheque do mês de março.

A Prefeitura de Socorro alegou que por falta de informação sobre a lei que reajustou o salário dos Enfermeiros no ano passado, não teve condições de disponibilizar a parcela que seria debitada em março. Porém, isso será revisto na folha de pagamento do mês de abril, acrescido do retroativo equivalente a março.

Por não obter um retorno dos gestores após diversos envios de ofícios com o objetivo de dialogar sobre os pleitos de 2017, como também por não ter uma garantia oficial de que vai haver o cumprimento da lei, a categoria decidiu que se a mesma não for cumprida, a paralisação será realizada no dia 04 de maio, com um ato público em frente à Secretaria Municipal de Saúde do município. Mesmo assim, será garantido o percentual de 30% de manutenção de serviço para não haver desassistência a população.